-47%
Vila Piloto de Jupiá - Uma História de Barrageiros

Vila Piloto de Jupiá - Uma História de Barrageiros

Autor: Henrique Figueira

ISBN 9788578931889

Páginas 242

Edição: 2009

Formato: 14 X 21 X 1,13

Coloração: Preto/branco

Peso: 0,30/kg

Tipo de Papel: 75 Gramas offset

Editora: Biblioteca24horas

Preço: R$ 59,62 R$ 31,54
Qtd:
A morte de “Tião Chapéu de Couro” em Três Lagoas marca o início de uma nova ordem na região de Urubupungá. Um acampamento com o nome de Vila Piloto é erguido da noite para o dia na margem direita do Rio Paraná para abrigar milhares de trabalhadores vindos de diferentes regiões do Brasil. O objetivo desses homens é construir a Usina Hidrelétrica de Jupiá, a primeira de um gigantesco conjunto de geração de energia elétrica no país.De Ibicoara, Bahia, Gervásio de Freitas foge após um homicídio e, meses depois, aporta em Vila Piloto. É casado com a bela Joana e é grande amigo de Jesuíno, seu compadre. O compadre nutre uma paixão secreta por Joana e, motivado por essa paixão, deixa também a Bahia para vir morar e trabalhar em Vila Piloto. A vinda de Jesuíno coincide com a instalação da ditadura militar no país e seu filho mais velho torna-se um ativista contra o militarismo. A filha enamora-se de um soldado do exército. Jesuíno não sabe bem como lidar com os transtornos da família, pois vive constantemente angustiado pelo desejo de querer a comadre e pelo sentimento de culpa de haver cometido uma deslealdade contra Gervásio, em Brumado, onde encontrara Inocêncio, o filho do homem assassinado. Inocêncio vem no encalço de Gervásio em busca de vingança. Vila Piloto de Jupiá é, portanto, o palco onde o drama dessas pessoas, indistintamente chamadas de barrageiros, se desenvolve. A narrativa é entremeada de fatos reais acontecidos nessa peculiar comunidade durante os dez anos de sua existência até sua entrega ao comando de exército em dezembro de 1970. O autor coloca em rápidas abordagens a faina da ensecadeira e o impacto da construção da barragem sobre as pessoas e sobre o ambiente, deixando para o leitor o juízo desses eventos.

Fazer um comentário

Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.
Ruim           Bom