-50%
Testemunha do medo

Testemunha do medo

Autor: Carlos Alberto Lima Coelho

ISBN 9788578935429

Páginas 166

Edição: 2010

Formato: 14 X 21 X 0,78

Coloração: Preto/branco

Peso: 0,21/kg

Tipo de Papel: 75 Gramas offset

Editora: Biblioteca24horas

Preço: R$ 46,85 R$ 23,33
Qtd:
Jornalista, radialista e escritor Carlos Alberto Lima Coelho nos dá mais um sazonado fruto de seu fecundo pomar intelectual, o livro “Testemunha do Medo”. Sem pretensões a inovar estilos ou copiar quem quer que seja, ele não foge à influência que sua militância em jornal, radio e televisão na sua narrativa. Os takes e edições encontrados no desenvolvimento do texto, são provas bem evidentes disto, embora não o prejudique em nada; pelo contrário, dão-lhe um sabor e expectativa iguais aos dos ganchos, muito utilizados em novelas e seriados da TV. A trama, urdida a partir de um estado psicológico em que a tensão emocional do autor é levada aos limites da exasperação para com a humanidade, chegando a apontar-lhe os defeitos, mas sem crucificá-la, tem como fio condutor o cotidiano, o dia-a-dia de uma cidade grande que apavora ao pacto profissional que deixa sua pacata e querida São Luís, que se aparta do convívio familiar para viver uma expectativa de fim de mundo, a fim de enfrentar batalha desumana em que os homens se digladiam diuturnamente em toda parte. Neste interregno, a violência, o desamor e a tragédia se juntam, fazendo com que o pavor que se apodera do narrador sirva para reviver na sua mente aspectos curiosos de sua vida em sua cidade, inclusive fatos vivenciados no labor profissional. E é a partir destas recordações que o homem-social se despoja de conveniências políticas e, sem meias-palavras, lança, ao entendimento do leitor. E tem mais, muito mais, para o leitor que, além de encontrar uma leitura agradável e bem construída, pode mais uma vez, travar conhecimento com a dura realidade da vida, onde o terror é parte do nosso cotidiano, até que - quem sabe? - um terrorista paranóico comprima o fatídico botão que varrerá a humanidade da face da Terra.

Fazer um comentário

Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.
Ruim           Bom